"A solidão é a sorte de todos os espíritos excepcionais"

Mais do que nunca, nesses tempos de coronavírus, a solidão se mostra ainda mais valiosa (preventiva e curativa, psicológica e fisiologicamente). Porém, nossa sociedade insiste em perpetuar um preconceito estúpido com esse movimento de isolamento (basta você escrever “solidão” no Google que irá perceber). Tende-se a enxergá-la como negativa – associamos estar só à estar triste – e com isso esquecemos do sentimento exultante de alegria e liberdade que é possível experimentar e que somente a solitude proporciona.

Então, compartilharei algumas coisas para você aproveitar sua solidão durante esses tempos de coronavírus:

Ler

Sabe aquele livro pela metade ou aquele que você nem sequer começou, então: senta, deita, fica de pé – o que achar melhor – e leia. Não um parágrafo, não com o celular ao lado (ou em cima da página), checando a cada 7 segundos e meio… realmente leia. Rumine, escreva notas (num papel), dobre a ponta da página, faça tudo aquilo que nasce de uma relação íntima com um bom livro.

Publicidade - OTZAds

Escrever/Pintar/Criar

Não sei qual o seu meio de expressão natural ou preferido, mas independentemente de qual seja eu recomendo colocar pra fora; criar, dar formas, cores e palpabilidade para isso que ainda não está (e talvez nunca estará) completamente articulado, dentro de você.

A arte como movimento de expressão da nossa experiência subjetiva, da nossa realidade interior, é simplesmente um dos atos mais poderosos da nossa vida. Ela é uma conversa entre os aspectos consciente e inconsciente da nossa psique e personalidade. E age como um psicodélico (que significa “psique manifesta“) e, assim, nos ajuda a ganhar clareza sobre aspectos escondidos dentro de nós.

Meditação – respiração e silêncio

Entendo o estado meditativo como uma experiência, como um lugar interno que é possível acessarmos – um estado de inigualável atenção.

Existem dois fatores que, reconhecidamente, facilitam a entrada nesse lugar. Estes são: respiração e silêncio. Ambos estão relacionados a dois aspectos inerentes à nossa experiência: o psicológico e o fisiológico.

Publicidade - OTZAds

Técnicas de respiração ajudam a treinar atenção, direcionando-a para um único ponto. Além de ajudarem a bombear oxigênio na corrente sanguínea.

E com silêncio, não digo simplesmente parar de falar. Mas de fato aprender a cessar e/ou reduzir todos os ruídos, externos e internos.

Dormir bem – tempo e qualidade

Há pouco tempo ganhei mais uma camada de clareza sobre o quão importante tempo e qualidade de sono eram pra mim. Não digo isso levianamente, existe uma necessidade fisiológica de dormirmos. Várias funções essenciais são feitas nesse período. Experiências aterrorizantes já foram feitas em relação às consequências da privação do sono para o nosso estado mental e fisiológico.

Descubra quanto tempo você precisa para se recuperar. Mas principalmente, tenha um sono de qualidade. Uma coisa não exclui a outra, o objetivo é justamente somar os dois fatores. Pesquise sobre o “relógio interno” (ciclo ou ritmo circadiano), e comece a ganhar clareza sobre como você pode utilizar o entendimento sobre a sua fisiologia a seu favor.

Obs.: um detalhe simples que é absurdamente importante pra mim, é acordar “sozinho”. Sinto uma diferença absurda entre acordar por causa de algo externo e sentir o meu corpo despertar naturalmente.

Assistir todos os filmes e séries que só você quer assistir

Uma dica mais descontraída, para finalizar a lista, mas não menos importante. Por vezes deixamos de fazer o que queremos para “fazer uma média” com quem estamos, seja família, amigos, companheiro(a), etc.

Publicidade - OTZAds

Eu e minha namorada, por exemplo, temos total clareza sobre o fato de que têm coisas que eu gosto de assistir e ela não, outras que ela adora e eu não vejo sentido e muitas outras que ambos temos como interesse em comum. E que vão haver momentos, mesmo sob o mesmo teto, que ela quer ver uma coisa e eu outra – e tá tudo bem -, respeitamos a nossa individualidade e seguimos com a vida.

por Rafael Jordão.

Veja também: 7 frases de Nietzsche sobre solidão que vão te ajudar com coronavírus